Tesouro Direto: juros de prefixados avançam e chegam até 11,81% com investidores atentos a inflação nos EUA

Tesouro Direto: juros de prefixados avançam e chegam até 11,81% com investidores atentos a inflação nos EUA


As atenções estão voltadas nesta terça-feira (13) para a apresentação do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, que avançou 8,3% em agosto na base anual e 0,1% na comparação mensal.

O número veio acima do esperado, assim como o núcleo do CPI – que exclui alimentos e energia, cujos preços são mais voláteis – e que subiu 0,6% na comparação mensal e 6,3% na base anual. Ambos maiores do que as previsões do mercado, que esperavam alta de 0,3% na base mensal e de 6,1% na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo consenso Refinitiv.

Após a divulgação do CPI, alguns agentes financeiros passaram a apostar em uma alta ainda maior de 1 ponto percentual, segundo apontaram hoje os contratos futuros dos Fed Funds da CME Group.

Às 9h41 (horário de Brasília), 81% das apostas estavam concentradas em uma alta de 0,75 ponto pelo Federal Reserve (Fed, banco central americano) na reunião da semana que vem, contra 19% dos agentes que esperavam uma elevação – ainda mais dura – de 1 ponto. Até um dia antes, as expectativas estavam concentradas em uma alta de 0,50 ponto ou de 0,75 ponto percentual.

Números de atividade no Brasil completam a agenda desta terça-feira. Hoje, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o setor de serviços cresceu 1,1% em julho, acima do esperado pelo mercado.

No Tesouro Direto, os juros oferecidos pelos títulos públicos apresentam alta nesta manhã. No mesmo horário, também era possível notar um avanço no rendimento dos títulos americanos (Treasuries), embora a divulgação do CPI tenha ocorrido após a atualização do Tesouro.

Entre os prefixados, a maior alta era registrada pelo Tesouro Prefixado 2033, em que o juro subia de 11,69% ao ano para 11,77% ao ano, na primeira atualização do dia.

No mesmo horário, o retorno mais elevado era entregue pelo Tesouro Prefixado 2025, no valor de 11,81% ao ano, acima dos 11,74% vistos na véspera (12).

Movimento semelhante era registrado pelos papéis atrelados à inflação. No caso do Tesouro IPCA+2055, por exemplo, a remuneração real avançava de 5,88% ao ano para 5,90% ao ano às 9h20.

Confira os preços e as taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra no Tesouro Direto na manhã desta terça-feira (13): 

Fonte: Tesouro Direto

Serviços

O foco do noticiário doméstico está nos dados de atividade do setor de serviços, que avançou 1,1% em julho. Esse foi o terceiro resultado positivo seguido.

O volume de serviços mostrou expansão de 6,3% frente a igual período de 2021. Os resultados vieram melhor do que o esperado pelo mercado, pois o consenso Refinitiv estimava alta de 0,5% na comparação mensal e de 5,8% na anual.

Segundo Rodrigo Lobo, gerente da pesquisa, o setor de serviços chegou ao ponto mais alto desde novembro de 2014, com o crescimento de julho.

“Essa retomada de crescimento é bastante significativa e é ligada aos serviços voltados às empresas, como os de tecnologia da informação e o de transporte de cargas, que têm um crescimento expressivo e alcançam, em julho, os pontos mais altos das suas respectivas séries”, diz Lobo. “Então o que traz o setor de serviços a esse patamar é o dinamismo desses dois segmentos”.

O resultado positivo foi disseminado por três das cinco atividades investigadas pela pesquisa, com destaque para os transportes (2,3%) e informação e comunicação (1,1%), que exerceram as principais influências positivas sobre o índice em julho.

O setor de transportes acumulou ganhos de 3,9% nos três últimos meses e, em julho, e foi influenciado principalmente pelos bons resultados de atividades como gestão de portos e terminais e concessionárias de rodovias.

Pesquisas e Lula

Já na cena política, a menos de três semanas do primeiro turno, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ampliou a distância sobre seus adversários na disputa pelo Palácio do Planalto, segundo pesquisa divulgada pelo Ipec ontem (12). 

O levantamento, realizado entre os dias 9 e 11 de setembro, mostrou Lula com 46% das intenções de voto − oscilação positiva de 2 pontos percentuais em comparação com o último levantamento feito uma semana atrás. Já o presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, manteve os 31% da pesquisa anterior. A margem máxima de erro estimada é de 2 pontos para cima ou para baixo.

Em entrevista à CNN Brasil ontem (12), Lula não falou que irá rever privatizações no caso de ser eleito presidente este ano, apesar de já ter dito, em momentos anteriores, que pretendia impedir a privatização de empresas como a Eletrobras e os Correios.

“Eu não falei em rever privatização”, afirmou o candidato, ao ser questionado sobre falas anteriores. “Eu vou ganhar as eleições, eu preciso tomar pé da situação. Eu preciso saber que a necessidade primária é dar comida para esse povo.”

Na entrevista, Lula defendeu ainda que a agricultura é “indispensável” para o país, e disse que parte do agronegócio é responsável e sabe que é “preciso respeitar o meio ambiente porque senão o Brasil vai ser cobrado depois.”

“Essa gente vai continuar trabalhando e ganhando dinheiro com a gente”, defendeu Lula, ao mesmo tempo em que afirmou que o problema de parte do agronegócio com um eventual novo governo é porque “sabem que em um governo do PT não vai ter desmatamento na Amazônia.”

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original