taxas dos títulos públicos operam sem direção única nesta quinta-feira

taxas dos títulos públicos operam sem direção única nesta quinta-feira


SÃO PAULO – Os prêmios pagos pelos títulos públicos indexados à inflação reverteram a alta vista no começo das negociações desta quinta-feira (15) e passaram a cair na atualização das taxas feita após o almoço pelo Tesouro Direto. Enquanto isso, as taxas dos títulos prefixados realizaram movimento contrário e passaram a subir durante a tarde depois de abrirem a sessão de hoje em queda.

Na cena local, investidores ainda monitoram os desdobramentos das revisões para cima das projeções de indicadores, como o Produto Interno Bruto (PIB) e o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para este ano, que foram anunciadas ontem pelo Ministério da Economia.

O mercado também acompanha com atenção as discussões sobre o parecer preliminar apresentado na última terça-feira pelo deputado Celso Sabino (PSDB-PA), relator da reforma tributária, que propôs uma série de mudanças sobre o Imposto de Renda cobrada de pessoas, empresas e investimentos.

projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2022 e colocou como prioridades: vacinas, agenda para a primeira infância, Programa Casa Verde e Amarela e ampliação da infraestrutura de atendimento oncológico. O texto agora segue para o plenário, onde deve ser votado ainda nesta quinta-feira.

O mercado também continua de olho na repercussão do parecer preliminar do projeto de lei que modifica a cobrança do Imposto de Renda para pessoas físicas, empresas e investimentos (PL 2337/2021). Veja mais detalhes na live feita ontem pelo InfoMoney com o deputado Celso Sabino (PSDB-PA), relator da reforma do Imposto de Renda (IR).

De acordo com informações que circulam em órgãos de imprensa como Estadão, Valor e Folha, o deputado Celso Sabino (PSDB-PA) afirmou que avalia ampliar a faixa de isenção na tributação de dividendos para todas as empresas, e não apenas para micro e pequenas empresas. Mas pretende reduzir esta faixa de R$ 20 mil para R$ 2.500 por mês.

O relatório de Sabino indica renúncia fiscal de R$ 30 bilhões por ano. Mas o deputado afirma que não vê risco fiscal, porque a economia melhoraria com a reforma, o que compensaria a renúncia.

Cálculos de tributaristas consultados pelo jornal O Estado de S. Paulo indicam queda de arrecadação entre R$ 23 bilhões e R$ 27 bilhões, que deve pressionar especialmente estados e municípios. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) divulgou nota em que afirma que vê a nova versão da reforma como um “escândalo”. “É fácil fazer bondade com o chapéu alheio”, disse o diretor do Centro de Cidadania Fiscal (CCIF), Bernard Appy, ao Estadão.

Ainda no cenário político, a CPI da Covid ouve Cristiano Carvalho, representante da empresa Davati Medical Supply, a partir das 9h.

Cena externa

No exterior, James Bullard, presidente do Federal Reserve (FED, na sigla em inglês) de St. Louis, afirmou que o banco central central americano alcançou um “progresso substancial” tanto em termos de inflação quanto de emprego e defendeu que os dirigentes do banco tomem medidas para reduzir parte dos estímulos, como a compra de ativos. “Não queremos abalar os mercados nem nada, mas acho que é a hora de encerrar essas medidas de emergência”, destacou Bullard em entrevista à Bloomberg Television.

Também nos Estados Unidos, o Departamento do Trabalho americano anunciou, hoje, que o número de pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos diminuiu em 26 mil na semana encerrada em 10 de julho em relação à semana anterior. Com isso, foram feitos ao todo 360 mil pedidos.

O resultado da semana passada veio exatamente em linha com a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal. Hoje, o órgão americano também informou que revisou o total da semana anterior de 373 mil para 386 mil pedidos. Já o número de pedidos continuados apresentou queda de 126 mil na semana encerrada em 3 de julho, a 3,241 milhões. Esse indicador é divulgado com uma semana de atraso.

Já na Ásia, o destaque está nos dados apresentados ontem à noite pelo Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês) que mostraram que o Produto Interno Bruto (PIB) da China teve alta anual de 7,9% no segundo trimestre de 2021. O resultado do PIB veio em linha com o esperado por analistas do The Wall Street Journal, mas um pouco abaixo frente a projeção compilada pela Refinitiv, de alta de 8,1%.

Na comparação com o trimestre anterior, o PIB chinês avançou 1,3% entre abril e junho e, no primeiro semestre deste ano, a expansão do indicador foi de 12,7%.

Para Chaoping Zhu, estrategista de mercado global da JPMorgan Asset Management, “no geral, a economia da China parece estar no caminho da recuperação, com a meta de crescimento anual de 6% ao alcance”. Porém, reiterou que “os riscos estruturais e de baixa na demanda doméstica são preocupantes”, ao se referir ao fraco crescimento do crédito de longo prazo e a incerteza sobre a regulação do mercado.

Em outro relatório, Yi David Wang e Irene Feng, economistas do Credit Suisse, destacaram que a desaceleração da economia já estava embutida na perspectiva e, inclusive, este resultado aumenta os caminhos viáveis ​​para o crescimento anual da China atingir 8,2% para o ano (previsão atual do banco), adicionando até mesmo alguns “riscos de alta”.

“Qualquer preocupação de que o recente corte de depósitos compulsórios (que nos surpreendeu em seu escopo) indicaria que a recuperação da China está vacilando e merece mais suporte por meio de políticas do governo parece ser exagerada”, avaliam Wang e Irene em relatório divulgado a clientes. Na sexta, a China anunciou a liberação de um trilhão de yuanes, equivalente a US$ 145 bilhões, na economia.

Ontem, também foram divulgados dados sobre as vendas no varejo da China em junho, que avançaram 12,1% em comparação com o mesmo período do ano anterior, acima da expectativa de 11% de analistas ouvidos pela Reuters. A produção industrial chinesa subiu 8,3% na mesma base de comparação. De acordo com a agência, a expectativa dos analistas era de 7,8%.

Curso gratuito mostra como iniciar carreira no mercado financeiro começando do zero, com direito a certificado. Inscreva-se agora.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original