Saiba os riscos que uma má aplicação e higienização podem causar

Saiba os riscos que uma má aplicação e higienização podem causar


A tendência das unhas artificiais está em alta atualmente, visto que reduz o uso das unhas postiças e possibilita ao usuário, uma versão com aspecto mais natural e duradouro, além de contar com uma variedade de técnicas como gel, acrílica, fibra de vidro, entre outras.

Essas técnicas são uma boa alternativa para quem deseja ter unhas mais fortes e longas – ideal para quem apresenta o conflito de roer as unhas constantemente -, porém, para manter a sua qualidade é necessário que as recomendações de higienização e demais cuidados sejam seguidos como indicado pelo profissional.

Confira as contraindicações para o uso de unhas artificiais

Antes de realizar o procedimento, é necessário se certificar de que o cliente não tenha alergia a qualquer material usado para a realização do procedimento. Além disso, é interessante que pessoas com pele sensível, ou algum tipo de infecção evitem esses procedimentos estéticos. 

Conheça os possíveis riscos do alongamento de unhas quando realizado incorretamente

Após a sessão de alongamento, é necessário que o profissional comunique as recomendações de cuidados e limpeza das unhas artificiais, para que assim elas se mantenham saudáveis e belas por mais tempo.


O alongamento de unhas deve ser realizado e higienizado corretamente para manter a sua qualidade e evitar o surgimento de infecções. (Foto: Reprodução/Freepick)


Portanto, se algo fugir do comum, é sugerido que se entre em contato com quem realizou o alongamento para saber como proceder. Visto que, em questões como, por exemplo, as unhas começarem a deslocar, é possível que o espaço oferecido para a entrada de umidade seja propicio para a proliferação de bactérias e fungos.

Quanto aos sinais visíveis de uma possível infecção, o indicado é monitorar a coloração das unhas, visto que algumas bactérias podem ser representadas pelo surgimento de pontos esverdeados, enquanto quado em tonalidade de amarelo ou preto, pode ser indicio de fungos nas unhas artificiais.

É necessário se atentar a esses aspectos, visto que essas aparições, quando não devidamente tratadas, podem significar infecção purulenta, ou até mesmo  erisipela – conhecida como um processo infectuoso na pele do indivíduo -, portando, é necessário se certificar quanto a habilidade do profissional, assim como a qualidade dos seus materiais e seguir as suas recomendações corretamente para evitar maiores impasses.

 

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original