Número de vacinas distribuídas no país supera 350 milhões de doses – Notícias

Número de vacinas distribuídas no país supera 350 milhões de doses – Notícias







O Ministério da Saúde informou, neste sábado (13), que o Brasil já distribuiu 350 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 a estados e municípios.


A vacina mais distribuída até o momento foi a Pfizer/BioNTech (132,8 milhões de doses). Depois, vêm a Fiocruz/AstraZeneca (118,2 milhões), Butantan/Sinovac (100,9 milhões) e Janssen (4,8 milhões).


De acordo com o ministério, das doses distribuídas, mais de 294,2 milhões já foram aplicadas. Até o momento, 88,5 % da população-alvo, composta de 177 milhões de pessoas, já foi imunizada com ao menos uma dose de vacina, e outros 126,2 milhões de pessoas já completaram seu ciclo vacinal e tomaram as duas doses ou a dose única da vacina.


A Pasta argumenta que os números da vacinação refletem na melhora significativa do cenário epidemiológico no país. Em nota, o ministério informou que, desde abril, pico da pandemia, a média móvel de mortes caiu quase 90%. 







O Brasil registrou, na última sexta-feira (12), 267 mortes por Covid-19 e 14.598 novos casos diagnosticados, de acordo com os dados enviados pelos estados ao Ministério da Saúde e ao Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde).


Com o balanço, o país contabiliza 610.491 óbitos e 21.939.196 pessoas que já foram diagnosticadas com a doença. De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 21,1 milhões de pessoas já se recuperaram da Covid-19 no país.


Na busca por ampliar ainda mais os números de imunização, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) vai decidir nos próximos 30 dias se libera a vacina contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech para aplicação em crianças de 5 a 11 anos.







O pedido foi apresentado pelos desenvolvedores ao órgão regulador nesta sexta-feira (12). Em nota, a agência afirma que a solicitação segue o que já foi definido pelos estudos: uma dose ajustada e menor do que a utilizada para maiores de 12 anos.


A vacina da Pfizer já foi aprovada nos Estados Unidos, no fim de outubro, para a faixa etária de 5 a 11 anos. Se isto se repetir no Brasil, o imunizante será o único disponível para crianças e adolescentes. Um estudo conduzido pela farmacêutica com 2.268 participantes apontou eficácia de 90,7% da vacina em crianças de 5 a 11 anos.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original