México aprova uso emergencial de vacina cubana contra a Covid-19 – Notícias

México aprova uso emergencial de vacina cubana contra a Covid-19 – Notícias





O grupo estatal BioCubaFarma divulgou nesta quarta-feira que a vacina contra a Covid-19 nomeado Abdala, desenvolvida no território cubano, recebeu autorização para uso emergencial do órgão regulador do México, onde começará a ser aplicada.


“Com essa aprovação, o México pode importar a vacina Abdala, para uso na Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus SARS-CoV-2, em pessoas com mais de 19 anos”, aponta mensagem postada no perfil da BioCubaFarma no Twitter.


O grupo farmacêutico estatal cubano indicou que se trata de um avanço na “inserção internacional” dos imunizantes contra a Covid-19 desenvolvidos e produzidos na ilha caribenha.





Além da Abdala, em Cuba também estão sendo utilizadas as vacinas Soberana 02 e Soberana Plus, também locais, que receberam autorização do Centro para o Controle Estatal de Medicamentos, Equipamentos e Dispositivos Médicos, o órgão regulador nacional.


Os três imunizantes cubanos apresentaram eficácia superior a 90% nos testes clínicos, segundo o governo cubano. Os dados, no entanto, não foram verificados por especialistas externos independentes.


Por causa disso, nenhuma das vacinas recebeu homologação da Organização Mundial da Saúde (OMS), que garantiria aceitação internacional, como já aconteceu com outras desenvolvidas em quase dois anos para combater a Covid-19.


Recentemente, o presidente da BioCubaFarma, Eduardo Martínez, garantiu que havia interesse de submeter os três imunizantes “ao processo de pré-qualificação internacional”, para que fossem revisadas por analistas externos independentes.


Até o momento, apenas aliados políticos de Cuba, como Venezuela, Nicarágua, Irã e Vietnã compraram doses das vacinas desenvolvidas na ilha caribenha.




Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original