Meet ganha briga interna contra o Duo e vira prioridade na Google

Meet ganha briga interna contra o Duo e vira prioridade na Google


O Google parece ter desistido da ideia de unir as equipes que trabalham nos aplicativos de videochamada Google Meet e Google Duo.

A história começou em maio de 2020, quando saiu a notícia de que o Google estava perto de unificar a equipe de apps para comunicação — o que poderia culminar em uma plataforma única de videochamadas que teria o codinome “Duet”, juntando os títulos de ambos os serviços. Uma reportagem de alguns meses depois foi além e afirmou que o Meet substituiria o Duo em até dois anos, virando uma plataforma tanto para conversas em vídeo casuais quanto corporativas ou educativas.

O Duo ainda é mais focado em chamadas mobile.Fonte:  Google 

Segundo o site 9 to 5 Google, entretanto, ao menos o primeiro desses planos já foi deixado para trás. O principal motivo foi o sucesso do Meet como um serviço de videoconferências, em especial durante o primeiro ano da pandemia da covid-19, o que fez com que quase todos os esforços fossem direcionados a ele.

O Duo, por outro lado, até foi melhorado, mas parece cada vez mais um produto menos importante na lista de prioridades da gigante.

O que diz o Google

Consultada pelo 9 to 5 Google, a empresa informou que “não há mudanças no plano de continuar investindo nos usuários a nível de consumidor” e que há “um rico calendário para o próximo ano” tanto para chamadas casuais quanto corporativas.

Além disso, ela reforçou que o Duo ganhou várias adições e mudanças na interface ainda em 2021. Para o próximo ano, entretanto, ela não nomeou quais apps terão novidades — ou se eles de fato ainda estarão separados.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original