Harry Styles se fantasia de Dorothy Gale e Pierrot no ‘Harryween’

Harry Styles se fantasia de Dorothy Gale e Pierrot no ‘Harryween’


Os fãs de Harry Styles sempre mantêm as expectativas altas quando o fim de outubro vai se aproximando. O britânico de 27 anos já se divertiu com fantasias como Miley Cyrus no VMA 2013 e Elton John, além de já ter se vestido de Pequena Sereia e bailarina em um programa de TV. Em 2019, Styles criou o chamado “Harryween”, que por conta da pandemia do Coronavírus, não pôde acontecer, porém, com a volta dos shows nos EUA, o artista pôde realizar sua nova versão de Halloween nos últimos dias 30 e 31.

Harryween fez a espera de quase dois anos valer a pena. No sábado, Harry Styles e sua banda subiram ao palco do Madison Square Garden vestidos de um clássico: “O Mágico de Oz”. Styles deu literalmente vida e um astral altíssimo à Dorothy Gale, com direito à cestinha com o Totó, Mitch de Leão Covarde, NyOh como o Espantalho, Niji de Homem de Lata, Elin como Glinda, Sarah como Almira Gulch e Pauli como o próprio Mágico de Oz.

Harry Styles alcança marca histórica no Spotify

Harry Styles interpretará Starfox, irmão de Thanos, em ‘Os Eternos’

Harry Styles interrompe seu show para realizar ‘chá revelação’ de uma fã

Seus fãs entraram na brincadeira e deram um show à parte nas fantasias, que eram as mais diversificadas possível. Houveram produções associadas a Styles, One Direction, e fantasias como Carrie, O Máscara, Freddie Mercury em “I Want to Break Free”, Tempestade dos X Men, Medusa, entre muitas outras.

No palco, além dos trajes incomuns, Harry e sua banda também apresentaram novidades na setlist, incluindo a canção “Somewhere Over The Rainbow”, tema do filme, e Harry se sentia “fabuloso”, segundo ele mesmo, enquanto vestia seu vestido azul, laçarote no cabelo e sapatilhas de rubi.


Harry Styles como Dorothy e Pierrot (Foto:Reprodução/Twitter)


Na segunda noite do “Harryween”, também no Madison Square Garden, Styles subiu ao palco vestido de Pierrot, o palhaço triste. Um Pierrot é um personagem da Commedia dell’Arte, que tem seu coração inevitavelmente partido pela Colombina, por quem é perdidamente apaixonado. As lágrimas clássicas e pretas do personagem foram substituídas por pérolas no rosto do cantor.


Harry Styles e sua banda nas noites 1 e 2 do Harryween. (Foto:Reprodução/Twitter)


Durante a noite, Harry apresentou uma canção que também estava fora da setlist e um cover, tratando-se de “Medicine”, música que ele cantava frequentemente em sua primeira turnê, “Live On Tour”, mas que nunca foi oficialmente lançada. Sua letra é um tanto ousada e Styles diz “eu estou ok com eles”. Fãs sugerem que a faixa fala sobre uma possível bissexualidade do artista. Em uma transição, Styles cantou “Toxic”, famosa música de Britney Spears, lançada no início dos anos 2000. Sem querer encerrar seu “Harryween”, o britânico ensaiou começar “Kiwi”, canção de encerramento, algumas vezes antes de, de fato, começa-la.

Foto destaque: Harry Styles fantasiado para o “Harryween”. Reproduçãp/Twitter

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original