designadas comissões regionais para novo edital de procurador

designadas comissões regionais para novo edital de procurador



O novo concurso MPF (Ministério Público Federal) para o cargo de procurador federal, aprovado em 26 de agosto pelo Conselho Superior do Ministério Público (CSMP)  já conta com comissões regionais formadas, de acordo com documentos publicados no último dia 7 de setembro. Os grupos foram formados para os cinco estados que contam com previsão de distribuição das 20 vagas que deverão ser oferecidas para a carreira.  Uma vez formadas as comissões, os próximos passos são elaborar os editais e definir o nome da banca organizadora. Somente então poderá ser confirmada alguma previsão de quando o edital poderá ser publicado. 

Para participar do concurso MPF é necessário possuir formação de nível superior em direito e três anos de prática forense. A remuneração inicial da carreira é de R$ 33.689,11.  

As comissões formadas são para os seguintes estados:

  • São Paulo
  • Goiás
  • Piauí
  • Roraíma
  • Mato Grosso do Sul

Em 26 de agosto também foi aprovada a alteração no regulamento do concurso MPF para ingresso do cargo, para inclusão de vagas reservadas para candidatos indígenas. Também foi aprovada sugestão para confirmação da banca organizadora. “Temos pressa para a reestruturação da carreira e já podemos começar a elaboração do edital”, disse o procurador-geral da república, Augusto Aras, na ocasião.

Saiba como foi a última seleção

O último concurso MPF para procurador ocorreu e 2016, quando foram oferecidas 82 vagas. A seleção teve sua validade prorrogada até julho de 2023. A organização foi feita pelo próprio MPF

As oportunidades foram para os seguintes estados:

  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Pará
  • Paraíba
  • Paraná
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio de Janeiro
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rondonia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • São Paulo
  • Sergipe
  • Tocantins

A seleção contou com as seguintes etapas:

  • provas objetivas
  • cinco provas subjetivas
  • inscrição definitiva
  • provas orais
  • análise de títulos

O conteúdo programático contou com as seguintes disciplinas:

  • direito eleitoral
  • direito constitucional
  • metodologia jurídica
  • proteção internacional de direitos humanos
  • direito ambiental
  • direito administrativo
  • direito tributário
  • direito internacional público e privado
  • direito financeiro
  • direito econômico
  • direito do consumidor
  • direito civil
  • direito processual civil
  • direito processual penal

 

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesconcursosconcursos federaisconcursos 2023provas anteriores

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original