Conheça o óleo que faz milagre nos cabelos

Conheça o óleo que faz milagre nos cabelos


Você está com os cabelos detonados? Ressecados, um pouco fracos e até quebradiços? Essas condições podem estar ligadas a diversos motivos, como, falta de hidratação e nutrientes, mudanças climáticas, poluição, estresse mental, alimentação não favorável, uso de produtos químicos no cabelo entre outros.

Existem diversos meios para trazer solução e saúde às madeixas e uma delas é o Óleo de Jojoba.

O nome não é muito conhecido, mas a verdade é que este óleo é um dos mais utilizados nos salões de beleza. Ele é capaz de hidratar e nutrir profundamente os fios, devido ao seu teor de ácidos graxos. Ele possui também vitaminas A, B e E que ajudam a restaurar o cabelo, além disso é um ótimo rémedio para o combate às caspas. Um das maneiras de usar são: umectação, máscara de finalização e antes do shampoo.

O óleo de jojoba é um óleo vegetal que é extraído dos frutos do arbusto jojoba, que são encontrados na Califórnia e no Norte da México, mas atualmente são cultivados em outros países.

As propriedades deste óleo são muito boas para nossa saúde, tanto para a pele, quanto para os cabelos. Ele contém ácidos graxos, como o ácido oleico, que é um ácido graxo monoinsaturado com alto poder de hidratação e de proteção contra o envelhecimento das células. O ácido linoleico é um ácido graxo poliinsaturado que também tem poder hidratante e é necessário para a manutenção dos tecidos.

Além de usar o óleo puro nos cabelos, você pode usar para potencializar os efeitos de máscaras de tratamento e cremes de pentear, para isso basta misturar algumas gotas do óleo a esses produtos antes de utilizá-los. Outra dica é usar como um finalizador. Aplique duas gotas de óleo nas mãos, espalhe bem e depois passe nas pontas dos cabelos.

Outro meio de aproveitar a Jojoba, é fazer o seu uso na Pele. O óleo possui propriedades antibacteriana e anti-inflamatória devido à presença do ácido mirístico, que é uma boa escolha para quem sofre de doenças na pele, como psoríase, eczema e irritação.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original