confira os benefícios da bebida probiótica e como fazer!

confira os benefícios da bebida probiótica e como fazer!


A kombucha é uma bebida à base de chá com cafeína e açúcar. Mas, afinal, o que torna esse chá tão especial e famoso entre a galera? Nele, ocorre a fermentação por uma colônia de bactérias e leveduras chamada de S.C.O.B.Y. e, por conta da fermentação, o chá passa a ser uma bebida frisante que fornece uma grande quantidade de probióticos, que fazem bem para a saúde!



Agora que você já sabe os básicos, falta ainda descomplicar algumas coisas: o que são probióticos? Por que a kombucha faz tão bem para a saúde? Posso fazer em casa? Confira todas as respostas com a ajuda do Guia da Cozinha!

Quais os benefícios da kombucha?

A kombucha é riquíssima em probióticos, que, por sua vez, são produtos da fermentação. São os probióticos que fazem com que as bactérias boas presentes no intestino se proliferem mais e retardem o desenvolvimento das bactérias ruins. Ou seja, os probióticos são responsáveis por estabelecer um equilíbrio para a microbiota do intestino e, consequentemente, seu bom funcionamento!

Experimente a kombucha em casa, com essa receita caseira!

Experimente a kombucha em casa, com essa receita caseira – Foto: Shutterstock

O impacto da kombucha na dieta

Apesar de ser uma receita de origem chinesa com mais de 2000 anos de tradição, ainda há poucos estudos comprobatórios sobre o impacto do consumo da kombucha para a saúde do organismo. Segundo a nutricionista e gastrônoma Laura Franco, há relatos de que os probióticos oferecidos pelo chá trariam melhoras para quadros de diabetes, doenças cardiovasculares e também doenças intestinais, mas ainda não é possível afirmar de forma efetiva.

Já a especialista em chás e fundadora da Experiências do Chá, Ju Fuscaldo, garante que a kombucha fortalece o sistema imunológico, combate o envelhecimento precoce e melhora a absorção de nutrientes pelo corpo. Além disso, o chá também seria um excelente estimulante energético, graças à presença de cafeína em sua composição.

Com que frequência devo tomar o chá?

Para garantir os benefícios oferecidos pelo chá, é necessário que o consumo de kombucha aconteça de 3 a 5 vezes na semana. Aliás, pelo estímulo energético da bebida, é interessante que ela seja apreciada logo no café da manhã.

Por outro lado, algumas precauções são necessárias. No caso de gestantes, a kombucha deve ser evitada, por conta dos níveis de cafeína da bebida e devido aos poucos estudos realizados acerca da atividade dos probióticos no organismo.

Receita de kombucha

Prove a kombucha, um chá diferente

Prove a kombucha, um chá diferente – Foto: Shutterstock

Tempo: 40 minutos (+1 semana de descanso)

Rendimento: 10 porções

Dificuldade: média

Ingredientes:

  • Cultura de S.C.O.B.Y.
  • 1,6L de água filtrada
  • 15g de chá com cafeína*
  • 1/2 xícara de açúcar demerara ou refinado a gosto
  • 100mL do líquido da última fermentação (ou 1/2 xícara de vinagre de maçã)

*Em relação à erva escolhida, o chá mate é uma boa opção. Caso prefira, é possível usar 10g de algum chá sem cafeína combinado com 5g de outra erva que contenha cafeína. Por exemplo, 10g de chá mate e 5g de hibisco.

Onde encontrar S.C.O.B.Y.?

A comunidade de pessoas que fermentam kombucha normalmente doam culturas, já que eles se multiplicam. Dessa forma, basta procurar entre conhecidos ou também em grupos de redes sociais, onde ocorrem doações e vendas de S.C.O.B.Y.!

Modo de preparo

Primeira fermentação

A princípio, ferva 1L de água. Em seguida, desligue o fogo, adicione 15g da erva do chá de sua preferência e deixe reservado de 10 a 15 minutos. Logo, coe e descarte as ervas. Adicione mais 600mL de água filtrada e aguarde esfriar até atingir a temperatura ambiente. Aliás, atenção: este passo é muito importante, porque temperaturas muito elevadas podem matar o S.C.O.B.Y.

Em seguida, adicione 1/2 xícara de açúcar e mexa bem. Adicione a cultura de S.C.O.B.Y. à sua mistura em uma garrafa de vidro e acrescente, também, 100mL do líquido da última fermentação. Este líquido normalmente está presente na cultura que foi adquirida, mas caso não esteja presente, basta colocar 1/2 xícara de vinagre de maçã.

Por fim, basta cobrir com um voal ou guardanapo que permita a “respiração” do chá e esperar o tempo de fermentação entre 7 e 10 dias. Assim, após uma semana, experimente a kombucha e defina se deve esperar mais, de acordo com seu gosto pessoal. 

Dica: Quanto maior o tempo de fermentação, mais ácida a mistura. Depois, basta gelar e apreciar.

Segunda fermentação

A segunda fermentação é completamente opcional e é feita apenas para saborizar seu chá! Assim, transfira a kombucha para uma garrafa de plástico, adicione 100mL do líquido da primeira fermentação (do S.C.O.B.Y.) e o ingrediente que você quer usar para dar sabor! Assim, espere a fermentação por 2 dias ou até que a garrafa fique expandida e consuma em até 7 dias.

Para dar sabor ao seu chá com frutas ricas em açúcar, como abacaxi ou frutas vermelhas, basta adicionar pedaços no chá fermentado. Por outro lado, também é possível bater a fruta no liquidificador com um pouco do chá e, depois, unir tudo à mistura original. Ao usar folhas, raízes ou frutas com pouco açúcar, adicione o ingrediente escolhido e 3 colheres de açúcar à kombucha original. Por exemplo, prove com hortelã, manjericão, gengibre ou limão.

Receita: Laura Franco, nutricionista e gastrônoma



Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original