ANTECIPADO! Última parcela do Auxílio Brasil de R$ 600 do ano será liberado em breve

ANTECIPADO! Última parcela do Auxílio Brasil de R$ 600 do ano será liberado em breve



Agora é oficial! O calendário de pagamento do Auxílio Brasil de R$ 600 do mês de dezembro foi antecipado em uma semana, cujo valor médio será de R$ 607,14. Com isso, os recursos já serão disponibilizados a partir da próxima segunda-feira (12) para quem tem o Número de Inscrição Social (NIS) final 1.

Tradicionalmente, o Auxílio Brasil é liberado nos últimos dez dias úteis. Assim, se seguisse o calendário normal, o dinheiro seria pago no dia 19 de dezembro. Com a antecipação, o programa social será pago nos seguintes dias:

  • 12 de dezembro – NIS final 1;
  • 13 de dezembro – NIS final 2;
  • 14 de dezembro – NIS final 3;
  • 15 de dezembro – NIS final 4;
  • 16 de dezembro – NIS final 5;
  • 19 de dezembro – NIS final 6;
  • 20 de dezembro – NIS final 7;
  • 21 de dezembro – NIS final 8;
  • 22 de dezembro – NIS final 9;
  • 23 de dezembro – NIS final 0.

Segundo o Ministério da Cidadania, 21,6 milhões de famílias serão beneficiadas pelo Auxílio Brasil, quase 67 mil a mais em relação a novembro, que já havia batido o recorde do mês com o maior número de beneficiários. 

Nordeste é líder no número de beneficiários do Auxílio Brasil

A Região Nordeste reúne o maior número de contemplados pelo Auxílio Brasil. Neste mês, o programa chega a 9,9 milhões de famílias nordestinas, com um repasse de R$ 5,95 bilhões. O benefício médio é de R$ 607,16. 

“Os números do Nordeste são puxados por quatro estados com mais de um milhão de famílias beneficiárias. A Bahia lidera como a Unidade Federativa com maior número de integrantes do programa de transferência de renda. São 2,62 milhões de famílias beneficiárias em 417 municípios, a partir de um repasse de R$ 1,57 bilhão”, informa o Ministério da Cidadania. 

Os outros três estados do nordeste com mais de 1 milhão de beneficiários são Pernambuco (1,71 milhão), Ceará (1,5 milhão) e Maranhão (1,24 milhão).

“O Sudeste é a segunda região com o maior número de famílias atendidas. São 6,46 milhões, que recebem, juntas, R$ 3,91 bilhões. Na sequência estão o Norte (2,62 milhões de famílias beneficiárias), o Sul (1,46 milhão) e o Centro-Oeste (1,15 milhão). A Região Norte é a que recebe o maior benefício médio do país: R$ 611,44”, diz a pasta.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original