Alimentos e chás podem ser aliados no controle da glicose

Alimentos e chás podem ser aliados no controle da glicose


De acordo com uma publicação feita pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em 2018, a taxa de incidência de diabetes cresceu 61,8% na última década. A doença crônica é caracterizada pela disfunção na produção da insulina, hormônio responsável pela entrada da glicose nas células, podendo deixar sequelas de todos os tipos. Por isso, é importante cuidar dos níveis de açúcar no sangue, pois esta doença pode ser adquirida ao longo da vida caso estes níveis não estejam controlados.

https://lorena.r7.com/post/Aplicativo-ConecteSUS-esta-fora-do-ar

https://lorena.r7.com/post/Media-movel-de-mortes-por-covid-19-no-Brasil-e-de-183-por-dia

https://lorena.r7.com/post/Avela-pode-impedir-doencas-cardiovasculares-e-danos-celulares


Os sinais da glicose alta incluem enjoo, dor de cabeça, sede excessiva, vontade frequente de urinar, sonolência e cansaço. Na dúvida, o profissional indicado é o endocrinologista. Caso as taxas elevadas sejam confirmadas, existem outras formas de tratar os níveis de glicose no sangue que podem complementar os tratamentos indicados pela crucial orientação médica. Duas delas podem causar surpresa em quem pensa que a prevenção da diabetes trata-se apenas de diminuir o consumo de certos alimentos: a ingestão de chás e de alimentos específicos que auxiliam no controle da glicose.


Chá auxilia na diminuição das taxas de açúcar. (Foto: Reprodução/iStock)


Entre os chás, estão o chá de canela, de carqueja, de pata-de-vaca, de sálvia e de melão-de-são-caetano. Em relação aos alimentos, a médica nutróloga diretora da Abran (Associação Brasileira de Nutrologia) Marcella Garcez orienta: “Existem nutrientes como fibras, gorduras boas e proteínas que se forem ingeridos juntos com carboidratos refinados, doces e açúcares, reduzem a velocidade de digestão e absorção dos mesmos, portanto diminuem o seu índice glicêmico”.

As fibras podem ser encontradas no farelo de aveia e nas sementes de chia ou de linhaça, por exemplo. As gorduras boas, no abacate, na azeitona, no azeite de oliva e no salmão, entre outros. Já as proteínas, além de estarem em alimentos de origem animal, podem ser encontradas em amêndoas, amendoim e soja. azeDessa forma, controlar as taxas de açúcar no sangue não trata-se apenas de “cortar” alimentos da dieta. Contudo, todo tratamento deve ter acompanhamento médico sempre.

Foto destaque: teste dos níveis de açúcar no sangue. Reprodução/Laboratório Unidos

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original